Fim da verba indenizatória de gabinete na Câmara Municipal

por Marcos Paulo publicado 05/08/2021 15h20, última modificação 05/08/2021 16h20
Por unanimidade, os vereadores de Mangaratiba, cortam gastos que podem chegar a mais de R$ 1 milhão ao ano.

Promulgado fim da verba indenizatória de gabinete na Câmara Municipal de Mangaratiba

Resolução, aprovada em junho consta no Diário Oficial do Legislativo.

A resolução que acaba com o modelo indenizatório de verba de gabinete foi promulgado pela Mesa Diretora na Câmara Municipal de Mangaratiba. A medida entrou em vigor com a publicação no Diário Oficial do Legislativo desde junho de 2021. Os parlamentares aprovaram a decisão em sessão ordinária em 17 de junho, antes do recesso parlamentar.

Os 13 vereadores tinham um limite de até R$ 7100,00 para custear com despesas entre alimentação, combustível, gráfica, material de expediente e serviços de consultoria, de acordo com o Presidente da Câmara, Prof. Renato Fifiu, a estimativa é de economia entre 30% a 40% do orçamento, cerca de R$ 1.100.000,00 ao ano.

O presidente da Câmara Prof. Renato Fifiu destacou que a mudança era necessária para a realização de uma gestão coerente com o erário público.
"A prioridade é fazer gestão e atender todas recomendações do TCE/RJ, com o fim da verba de gabinete indenizatória (resolução nº 01/19), estimamos uma economia de mais de R$ 90.000,00 ao mês aos cofres da Câmara Municipal de Mangaratiba."

Cabe ressaltar que a iniciativa partiu diretamente do gabinete da Presidência e contou com votação unânime dos parlamentares da casa legislativa.